Microsoft nega ter desabilitado consoles de quem vazou imagens da remasterização de Gears of War

Após várias imagens da remasterização de 'Gears of War' aparecerem na internet ontem, a produtora VMC disse que a Microsoft teria desabilitado os consoles dos testadores responsáveis pelo vazamento. Hoje, a dona do Xbox lançou um pronunciamento negando que tenha tirado o acesso total dos consoles dos culpados.

Em um pronunciamento enviado ao Kotaku, a Microsoft disse que apenas desativou a Xbox Live dos testers responsáveis e que eles ainda conseguem utilizar os consoles offline. 

"Para deixar claro, se um console é suspenso da Xbox Live por violação de termos de uso, ele ainda pode ser usado offline. As ações da Microsoft não resultam em deixar o console inutilizável. Suspensão de consoles e contas são determinadas por um grande número de fatores. Para evitar ações como a suspensão de serviços, os usuários devem seguir os termos de uso e código de conduta da Xbox Live"

O pronunciamento serviu para esclarecer o que foi dito pela VMC Games, que deixou subentendido que os consoles teriam sido totalmente retirados dos jogadores. Vale lembrar que os testers utilizam seus Xbox One pessoais para trabalhar, e não uma máquina fornecida pela Microsoft.

- Continua após a publicidade -

Com a suspensão da Xbox Live, os responsáveis pelo vazamento não podem acessar conteúdos online, baixar patches e  jogar determinados games, como 'Destiny', que requerem conexão com a internet.

{via}Kotaku|http://kotaku.com/microsoft-punishes-gears-leakers-by-making-their-xbox-o-1704531500{/via}

Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.