Pesquisa: Quase metade dos europeus com 20 anos tem miopia; tempo no computador está entre as causas

A quantidade de pessoas miopia vem crescendo na Europa, e segundo estudo da King's College de Londres, o tempo utilizando o computador e estudando estão entre os fatores que contribuem para este aumento.

De acordo com a pesquisa, 47% dos jovens entre 25 e 29 anos possuem algum grau de distorção na visão a longo alcance, taxa duas vezes maior que a observada nas demais faixas etárias. Segundo o estudo, este processo é mais notável entre pessoas com maior grau de escolarização.

"Na segunda metade do século passado, houve um aumento no uso de computadores, uma jornada educacional estendida com aulas complementares e menos atividades externas, resultado de um menor tempo de recesso", afirmam os pesquisadores no estudo.

A miopia é o distúrbio visual que acarreta uma focalização da imagem antes desta chegar à retina, fazendo com que objetos distantes fiquem fora de foco, enquanto elementos mais próximos são vistos com clareza. Além dos fatores genéticos e ambientais, pesquisas relacionam atividades que forçam o foco à curta distância constante, como usar o computador ou leitura, como fatores que podem influenciar neste problema.

O estudo dos pesquisadores da King's College utilizou como base 60 mil adultos de diversos locais da Europa. Desta forma, ainda não reflete os efeitos nesta nova geração, "pendurada" nos smartphones e tablets.

- Continua após a publicidade -

Além do uso de lentes corretivas, a miopia pode ser tratada através de cortes à laser e outros procedimentos cirúrgicos.

{via}Mashable|http://mashable.com/2015/05/12/short-sighted-myopia-europe/{/via} 

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.