Mercado de smartphones chinês recua pela primeira vez em 6 anos

Pela primeira vez desde 2009, o mercado de smartphones na China teve uma queda nas vendas, o que gerou especulações de que o o mercado chines de dispositivos móveis está saturado. Segundo a empresa de anélise  IDC, o número de smartphones vendidos na China foi de 98.8 milhões no primeiro trimestre de 2015, sendo 4,3% a menos do que no ano passado. 

Além da queda nas vendas, outro ponto diagnosticado foi a liderança da Apple no mercado, que comercializou 14,7 milhões de aparelhos no país mais populoso do mundo. A empresa lucrou US$16,8 bilhões no país no último trimestre, principalmente por causa dos novos iPhone 6 e iPhone 6 Plus.

Além da Apple, a Xiaomi continua muito bem na China. A empresa, que tem base em Pequim, vendeu 13,5 milhões de aparelhos e ainda tem uma participação de mercado de 13,7%. A companhia, que tem como um dos principais representantes o brasileiro Hugo Barra,  teve um crescimento de US$46 bilhões em quatro anos.

Em terceiro lugar em participação no mercado chinês aparece a Huawey, e logo em seguida a Samsung, maior fabricante do mundo atualmente, com 11,2% e 9,6% de participação, respectivamente.

- Continua após a publicidade -

A China se tornou o maior mercado de smartphones do mundo em 2011, quando ultrapassou os Estados Unidos em número de vendas. Com a saturação do mercado chinês, a pressão sobre as fabricantes aumenta e, segundo a IDC, elas devem adotar estratégias como ganhar mais público no Sul da Ásia e Índia.

A Xiaomi, por exemplo, já começou no ano passado a expandir seu mercado para a Índia, tanto online quanto offline. A empresa também vê bastante potencial no mercado brasileiro e pretende vir para o país ainda este ano.

{via}Reuters|http://www.reuters.com/article/2015/05/11/us-china-handsets-idUSKBN0NW0PY20150511?feedType=RSS&feedName=technologyNews{/via} 

Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.