Gabinetes com entradas USB 3.1 frontais ainda irão demorar meses para chegar ao mercado

A tecnologia USB 3.1, que tem velocidade duas vezes maior que USB 3.0, está chegando com tudo e várias placas-mãe já são compatíveis com a tecnologia. Mas, se você pretende montar um PC com as novas portas, pode tirar o cavalinho da chuva, pois ainda não existem gabinetes compatíveis com o USB 3.1 e, segundo o site Legit Reviews, os primeiros só devem aparecer no mercado em 2016.

As fabricantes afirmaram ao site que os gabinetes compatíveis e com entradas USB 3.1 frontais estão sendo desenvolvidos, mas devem demorar meses para chegar ao mercado, tanto a entrada USB 3.1 tipo A, quanto a USB 3.1 tipo C, que será reversível e estará presente em outros dispositivos como notebooks e smartphones.

Segundo as fontes consultadas pelo Legit Reviews, o maior problema enfrentado pelas fabricantes é a falta de um conector interno compatível, o que obriga as montadoras usarem adaptadores de terceiros para adicionarem esse suporte as placas. As fontes também afirmaram que a Intel está fabricando chips com suporte nativo ao USB 3.1, o que dá mais liberdade para a criação de placas e gabinetes compatíveis com a tecnologia.  

O USB 3.1 ainda é uma tecnologia nova, o que gera todos esses problemas de compatibilidade com hardwares, drives e dispositivos, mas já está presente em 6% dos aparelhos no mercado eletrônico. A tecnologia trouxe uma taxa de transferência de dados de até 10 Gb/s, o dobro da USB 3.0, que ainda está crescendo em adoção. 

{via}Legit Reviews|http://www.legitreviews.com/front-panel-support-for-usb-3-1-on-cases-still-months-away_163145{/via}

Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.