Nvidia desiste de fabricar seus próprios modems LTE

A Nvidia anunciou ontem (6) que desistiu da fabricação de modems LTE e que a divisão focada no setor, a Icera, será abandonada até 2016 e está disponível para venda ou negociação de tecnologias.

A Nvidia começou a investir nos chips para dispositivos móveis em 2011, com a compra da Icera, mas como não vem obtendo o retorno esperado no setor,  a empresa acabou desistindo dos chips de conexão para smartphones. Outro fator que contribuiu para o abandono dos modems LTE foi o foco da empresa, que agora é desenvolvimento de tenologias no setor de games, computação em nuvem e automotivo.

A Nvidia investiu US$367 milhões para comprar a Icera em 2011, quando a empresa queria entrar na onda da "revolução dos smartphones". A divisão conta com 500 empregados e bases no Reino Unido, França, Ásia e Estados Unidos.

O mercado de modems LTE é dominado pela Qualcomm e a  Nvidia não é a primeira companhia a desistir da área. Empresas como a Broadcom e a Freescale já deixaram de produzir chips LTE por causa do domínio da Qualcomm. Porém, mesmo dominando o mercado, a fabricante com base em San Diego vem perdendo muitos clientes importantes, que preferem comprar a tecnologia na China, já que o custo é bem menor, ou então fabricam seus próprios chips, como a Samsung faz.

{via}Nvidia|http://nvidianews.nvidia.com/news/nvidia-to-wind-down-icera-modem-operations{/via} 

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.