Vendas do Oculus Rift começam no primeiro trimestre de 2016

Depois de anos de desenvolvimento, a equipe do Oculus divulgou hoje que a aguardada versão comercial de seu óculus de realidade virtual, o Oculus Rift, será lançada no primeiro trimestre do ano que vem. 

Apesar de enfim termos uma data, a empresa foi um pouco vaga em relação a outros dados. Não foi divulgada as características do hardware voltado aos consumidores finais e muito menos o preço. "É a experiência como um todo, que soa meio falso, eu sei, e estão tentando não focar nas especificações técnicas", afirmou o vice-presidente de produtos Nate Michell, ao Polygon.

O grande desafio do Oculus Rift é popularizar uma tecnologia que encara uma série de dificuldades para ser implementada. A latência, que é o tempo necessário entre a ação da pessoa e a exibição de uma nova imagem na tela correspondente, precisa ser o menor possível, caso contrário o usuário pode sentir desconforto e inclusive náuseas. De acordo com pesquisas realizadas nos anos 90, os 60 millissegundos são considerados o mínimo para que a experiência com a VR seja aceitável, enquanto que o lag (atraso) passa a ser imperceptível abaixo dos 20 milissegundos.

Além do Oculus Rift, outros produtos da área de realidade virtual incluem o Projeto Morpheus, desenvolvido pela Sony para o Playstation 4 e com lançamento previsto para o começo do ano que vem, o HTC Vive, em desenvolvimento pela HTC em parceria com a Valve e com lançamento previsto para o Brasil, porém ainda sem data definida. Por aqui, temos a iniciativa do Beenoculus, um óculos de realidade virtual que parte de uma premissa parecida com o Google Cardboard: usa o hardware de seu próprio smartphone para gerar as imagens, e barateia em muito o custo do aparelho. Vocês conseguem conferir nossa entrevista com o pessoal da Beenoculus no vídeo acima.

- Continua após a publicidade -

{via}Polygon|http://www.polygon.com/2015/5/6/8557893/retail-oculus-rift-coming-in-first-quarter-of-2016{/via}

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Últimas

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.