Apple confirma que tatuagens geram problemas no funcionamento do Apple Watch

Se você tem tatuagens no pulso e está pensando em gastar  pelo menos US$349 para comprar um Apple Watch, pense melhor. Depois de uma série de usuários que possuem tatuagens na região do pulso reportarem que o smartwatch não funcionava direito, a Apple confirmou: tatuagens ou mudanças na pele geram problemas no Apple Watch.

Segundo a página de suporte do Apple Watch, tatuagens geram problemas principalmente nos sensores de frequência cardíaca.

"As alterações permanentes ou temporárias na sua pele, como tatuagens, também podem afetar o desempenho do sensor de frequência cardíaca. A tinta e saturação de algumas tatuagens pode bloquear a luz do sensor, o que torna difícil obter leituras confiáveis"

As falhas estão ligadas ao sensor com luzes LED verdes e fotodiodos (que são sensíveis à luz) do smartwatch, que serve para medir pressão e frequência cardíaca. Certas tonalidades confundem o sensor e dão leituras erradas.

Além disso, tatuagens mais escuras também geram problemas, pois o relógio inteligente não consegue identificar o pulso do usuário e, quando isso acontece, o Watch deixa de mostrar notificações e até mesmo desliga.

- Continua após a publicidade -

{via}9tofiveMac|http://9to5mac.com/2015/05/01/apple-watch-tattoos-apple/{/via} 

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.