Startup chinesa desenvolve casemod inspirado em motos Harley-Davidson

São raras as vezes em que desktops com mais de 90cm aparecem antes da Computex, então este projeto foi uma surpresa para os visitantes da feira de tecnologia IDF, na China. A startup chinesa Micle apresentou o seu case Proud of Blood, inspirado nas motocicletas Harley-Davidson. O protótipo apresentado está montado em plástico, enquanto a versão comercial será composta de alumínio.

Todos os detalhes que caracterizam as motos da Harley-Davidson estão presentes no projeto: o motor V2, os escapamentos, o spoiler, a cobertura do tanque e demais características. O Proud of Blood é uma edição limitada com 99 unidades, celebrando o aniversário de 30 anos da Intel na China. A distribuidora do projeto será a In Win.

O Proud of Blood, como é de se imaginar, não será barato: só o case custará 16.800 yuan (aproximadamente R$ 8.427) e chegará à 19.800 yuan (R.932) quando chegar aos distribuidores. Os interessados em adquirir um PC completo com o mod podem escolher a opção com configurações topo-de-linha, que custará 56.788 yuan (R.485) e virá com os seguintes hardwares: um processador Intel Core i7-5960X Extreme Edition, uma placa-mãe ASUS ROG R5E, 32GB de memória RAM Kingston DDR4-3000, SSD de 960GB, HD de 3TB, duas GPUs GeForce GTX 980 e resfriamento líquido opcional.

Independentemente da versão adquirida, todas as cores do case poderão ser customizadas, além de poder incluir a assinatura do dono gravada na placa serial de cristal. A empresa ainda cogita o desenvolvimento de um case de transporte com rodas para os compradores. O idealizador do projeto, Wei Zheng, já produziu outras torres de PC em outra empresa, a Ai-Mask. Este build foi construído com oito modders para a criação da nova marca, cujo financiamento foi possível pela plataforma de crowdfunding do JD Finance

- Continua após a publicidade -

{via}Engadget|http://www.engadget.com/2015/04/13/micle-ai-mask-proud-of-blood-motorcycle-desktop/{/via}

Tags
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.