Google estaria investindo no desenvolvimento de baterias de nova geração

Conforme as gigantes da tecnologia investem em processadores cada vez mais rápidos, conexões mais confiáveis e soluções mais inteligentes para nosso dia-a-dia, não podemos nos esquecer da necessidade de baterias cada vez melhores para acompanhar todos os novos recursos. Pensando nisso, a Google teria, segundo rumores, separado um time de pesquisadores do seu laboratório de pesquisas Google X a fim de desenvolver novas tecnologias de autonomia.

O time teria sido originalmente formado em 2012, sob a liderança de Ramesh Bhardwaj, ex-especialista no setor de baterias da Apple. O grupo teria sido escalado para escolher baterias de terceiros a fim de usá-las em dispositivos Google e, um ano mais tarde, evoluído para pesquisar tecnologias de bateria a serem desenvolvidas pela própria empresa.

A Google, como seria de se esperar, não quis se pronunciar sobre o assunto, então o Wall Street Journal buscou Lior Susan, o líder de estratégia de hardware da firma de análise e investimento Formation 8, para comentar a possibilidade da dona do Android estar desenvolvendo novas baterias:

"A Google quer controlar mais do seu destino em vários setores em torno da sua cadeia de produção de hardware. Suas iniciativas em drones, carros e outros tipos de hardware, tudo requer baterias melhores."

- Continua após a publicidade -

{via}Wall Street Journal | http://www.wsj.com/articles/google-gets-into-battery-arms-race-1428694613{/via} 

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.