[Rumor] Android Wear está prestes a funcionar no iPhone, mas a própria Apple pode impedir o suporte

De acordo com rumores divulgados pelo The Verge, a Google estaria próxima de fazer seu sistema para vestíveis, o Android Wear, funcionar em dispositivos com o sistema iOS. Em seu atual estágio de desenvolvimento, a Google já teria conseguido habilitar algumas funções entre um aparelho da Apple e um vestível com o sistema Android Wear.

Entre os recursos já funcionais estão a exibição de notificações e também a exibição de informações contextuais do Google Now. Buscas por voz também já estariam operando sem problemas, e apps da própria Google, como o Gmail, possivelmente ganharão mais integração e funcionalidades. Tomando como base o Pebble, plataforma de vestíveis capaz de operar tanto com Android quanto iOS, outras funções como controle da execução de músicas também devem ser implementados sem dificuldade.

Foto: The Verge 

Esta não é a primeira vez que ouvimos falar do Android Wear operando dentro do iOS. Através de hacks, alguns usuários já haviam conseguido um grau mínimo de interação entre o sistema para vestíveis da Google e gadgets Apple. Na maioria das vezes, a API do Pebble é utilizada para realizar a comunicação entre os gadgets.

O grande entrave deste suporte pode ser a própria Apple. A Google e a Apple já possuem um histórico de disputas no terreno dos apps, o que inclui até mesmo a saída de apps como o YouTube e Google Maps da loja da App Store. No regulamento da própria loja de aplicativos da Apple já temos algumas normas que prometem atravancar tudo, como a 3.1: "Apps ou metadata que menciona o nome de qualquer outra plataforma móvel serão rejeitados". Agora fica a dúvida de como Google fará um app para Android Wear que nunca menciona a palavra Android.

- Continua após a publicidade -

{via}The Verge|http://www.theverge.com/2015/4/9/8375931/android-wear-iphone-google-apple-compatible{/via} 

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Últimas

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.