DuckTales Remastered - Um grande clássico redesenhado na palma da sua mão

Tio Patinhas, Huguinho, Zezinho e Luizinho estão de volta nos games. Mais especificamente, na palma da suas mãos, com a chegada de "DuckTales Remastered" para dispositivos iOS, Android e Windows Phone. O game é um remake do clássico jogo de plataforma 2D lançado em 1989 para NES. O título é indicado para todos os tipos de jogadores, tanto os que jogaram o original quanto os que vão conhecê-lo pela primeira vez à partir somente desta ótima releitura.

Tudo funciona muito bem em "DuckTales Remastered". Redesenhados à mão, os gráficos são lindíssimos, com cores bem vívidas e detalhes bastante caprichados. O áudio também ganhou novo tratamento e está bem mais nítido e com as dublagens (em inglês) bem características do desenho animado. As músicas são bem aninadas e combinam totalmente com a proposta. A jogabilidade, inclusive, está bem adaptada ao joystick virtual: como os comandos são bem poucos (mover-se lateralmente, pular e usar a bengala para saltar), não exigem muitas combinações possíveis e, por isso, logo é possível se acostumar com toda a dinâmica e vencer todos os desafios.

 

Ao todo, são 5 fases: Amazônia, Himalaia, Minas Africanas, Transilvânia e Lua, todas bem diferentes umas das outras e com elementos de plataforma e inimigos também bem diversificados. Por exemplo: enquanto a Amazônia traz uma selva densa preenchida com cobras e macacos, o Himalaia é coberto por neve, apresenta cavernas congeladas, coelhos, bodes e perigosos patinadores. As Minas Africanas encantam com trechos com carrinhos em trilho, lembrando o saudoso "Donkey Kong Country", além de cavernas que levam ao centro da Terra. Já Transilvânia tem uma temática vampiresca que remete ao Halloween e, por fim, a Lua tem marcianos atiradores e momentos sem gravidade. A variedade desses aspectos garantem a imersão e, claro, a diversão. 

- Continua após a publicidade -

 

Se existe algo a se reclamar sobre esse aplicativo é o preço. Não me entendam errado: "DuckTales Remastered" é ótimo e todo mundo deve jogar, mas os US$10 cobrados na versão para iOS é um valor um pouco salgado. No Android custa R$31,80, também um pouco acima do que considero justo. Mas, quem tem Windows Phone, pode comemorar: o preço é R$19,90, a versão mais barata de todas e que combina mais com o conteúdo do game e, principalmente, pela duração (cerca de 5h) e pela experiência oferecida. Por isso, se esta não for a sua versão, vale aguardar futuros descontos ou promoções, caso não queira pagar o valor inteiro de lançamento. No mais, é recomendadíssimo!

Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.