Pesquisadores constroem bateria de alumínio que pode ser carregada em um minuto

Se existe um problema maior para os smartphones, smartwatches, tablets e demais aparelhos que utilizamos hoje, com certeza é a duração da bateria. Agora, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Stanford construiu um protótipo de bateria de alumínio que oferece diversas melhorias em comparação às cargas de lítio. A principal vantagem do novo projeto é a recarga super-rápida.

O protótipo de bateria dos pesquisadores de Stanford parece quase um sonho para as empresas de aparelhos móveis: até agora, as baterias de alumínio não eram capazes de de produzir tensão alta o suficiente, especialmente após muitos ciclos de recarga. Mas o protótipo criado pela universidade consistia de um ânodo feito de alumínio combinado com um cátodo de grafite – uma combinação de materiais capaz de produzir tensão o suficiente (aproximadamente dois volts), mesmo após milhares de ciclos de recargas.

Um dos maiores destaques para esta bateria é a sua capacidade de recarregar em um minuto. Sua estrutura é flexível, facilitando seu encaixe em diversos aparelhos, e também é potencialmente mais barata, especialmente em comparação ao preço do lítio. Uma das vantagens do alumínio é a sua segurança, já que não entra em combustão com facilidade.

"Nossa bateria tem tudo o que você pode sonhar que uma bateria deve ter: eletrodos baratos, boa segurança, recarga em alta velocidade, flexibilidade e longo ciclo de duração. Eu vejo ela como uma nova bateria em seus primeiros dias. É muito empolgante."

- Continua após a publicidade -

Hongjie Dai, professor de química da Universidade de Stanford e pesquisador-líder do projeto

O único problema em estudo antes de que o protótipo de bateria entre em produção industrial é a produção voltaica. Embora a tensão elétrica seja maior do que a de qualquer outra bateria em alumínio, ela ainda é menor do que a tensão de uma bateria de lítio convencional, que é entre 3,7V a 4,2V. O pesquisador-líder do projeto acredita que resolver esse problema não é difícil, bastando melhorar o material catódico para aumentar a tensão elétrica e densidade de energia.

{via}Mashable|http://mashable.com/2015/04/07/aluminum-battery-one-minute/{/via}

Assuntos
Tags
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.