A solução para a tontura da realidade virtual: um nariz vitual

O grande vilão que faz você passar mal quando usando a realidade virtual é seu próprio cérebro. Se a latência é muito baixa, os movimentos estão irrealistas ou qualquer coisa está fora do "normal", sua mente percebe este efeito e muitas vezes o resultado é você tendo que largar imediatamente o óculos de VR.

De acordo com um grupo de pesquisadores da Universidade de Purdue, a solução pode ser colocar um ponto fixo de referência, e neste caso serve um velho conhecido: a ponta de nosso nariz. Mesmo pensando que você não o vê, todos nós o vemos constantemente, e nos acostumamos a ignorar esta imagem constante quando enxergamos. Isto chega a um ponto que conseguimos deixar de perceber que ele está ali, em nosso campo de visão.

Incluir um nariz na realidade virtual passa a nos dar o recurso de fixar a visão em meio a um local com muito movimento, servindo como uma referência. Com um nariz "persistente", mesmo nos momentos de maior caos na imagem, o usuário sempre terá este "ponto seguro" para se localizar e, desta forma, ficar menos suscetível à tontura.

Em um experimento com 43 voluntários, os pesquisadores de Purdue descobriram que a inclusão de "um nariz virtual" aumento o tempo de uso do VR por 94 segundos em uma simulação de um ambiente tranquilo, enquanto a cena de uma montanha-russa garantiu 2.2 segundos a mais de resistência à tontura causada pela realidade virutal. 

{via}ArsTechinca|http://arstechnica.com/gaming/2015/03/virtual-noses-keep-real-world-vr-sickness-at-bay/{/via}

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.