Microsoft começa a comprar domínios .porn e .adult

Imagine que você está navegando pela internet, encontrou uma URL que contém o termo "office" e clicou nela sem sequer ler toda a extensão do endereço web. Antes que você perceba o final do domínio, acabou parando totalmente sem querer em um site de revenge porn com malwares, ao invés do site oficial do Office. Se as empresas como a Microsoft não tomarem iniciativas rápidas, isso pode se tornar uma realidade mais frequente do que parece.

Por isso, a empresa de Bill Gates está comprando diversos domínios na internet que normalmente seriam ligados aos seus produtos e serviços antes que o público geral possa associá-los com outras finalidades. Ter um site com "office.porn", por exemplo, pode ser um pouco constrangedor para uma companhia tão grande e, caso se espalhe, pode resultar em um problema de imagem ao associar a Microsoft à pornografia.

Segundo a CNN, celebridades como a Taylor Swift já seguiram estratégias similares para garantir que seus nomes não sejam associados à conteúdos que irão denegrir suas imagens públicas.

Toda essa movimentação ocorre por um novo decreto: à partir do dia 1 de junho, os domínios ".adult" e ".sucks" estarão disponíveis para compra no mundo todo. Os novos domínios ".sucks" permitirão que pessoas possam trollar suas marcas mais odiadas, desde que estejam dispostas a pagar U$2.500 pelas opções disponíveis. Caso as grandes empresas não se agilizem, será totalmente possível encontrar páginas como "google.sucks", por exemplo. 

{via}Neowin|http://www.neowin.net/news/microsoft-begins-buying-out-porn-and-adult-domains{/via}

Tags
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.