Chinês de 21 anos começa a vender drogas para comprar Apple Watch, mas é preso

O amor e fidelidade que alguns fãs da Apple tem pelos produtos da marca é bem grande, mas, as vezes, passa dos limites. Um jovem chinês de 21 anos foi preso em Honk Kong vendendo drogas, o motivo: conseguir dinheiro para comprar o Apple Watch, relógio inteligente da empresa lançado recentemente.

O jovem, identificado apenas pelo sobrenome Zeng, foi preso na terça-feira em uma estação de trem de Guangzhou, no sul da China. O traficante explicou para a polícia que gosta muito dos aparelhos da Apple e queria comprar o smartwatch para utilizá-lo com seu Iphone 6, que foi comprado com dinheiro emprestado, há dois meses.

Segundo a polícia de Guangzhou, o jovem contou que começou a trabalhar com drogas em fevereiro. Zeng ganhou US$480 para conseguir metanfetamina e pilulas de Magu, um estimulante vendido na China feito da mistura de cafeína e metanfetamina.

O Apple Watch chega na China, e em mais 8 países, no dia 24 de abril. A versão Sport do relógio custa US$349 e a versão clássica, US$549. Já o modelo feito com ouro vai custar, no mínimo, US$10 mil, para o desespero dos traficantes.

{via}Fudzilla|http://www.fudzilla.com/news/wearables/37260-man-turns-to-crack-dealing-to-buy-apple-watch{/via} 

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Em jogos single-player como Resident Evil Village, você prefere:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.