Tutorial: aprenda a instalar um novo módulo de memória RAM no seu notebook

Fazer upgrades em notebooks não costuma ser tão simples quanto em desktops. Até existem modelos que permitem que o usuário troque o chip gráfico ou algo do tipo, mas eles são raros e geralmente não estão disponíveis no Brasil. Mas se tem uma coisa que é relativamente simples em quase todos os notebooks é ampliar a capacidade da memória RAM. E é isso que vamos ensinar nesse post.

Afinal, os programas vão ficando mais exigentes com o tempo, e demandam cada vez mais RAM. Agora, aqueles 2GB ou 4GB que eram mais do que suficientes na época que você comprou seu notebook, podem penar um pouco para rodar os games mais recentes, ainda mais se você utilizar gráficos integrados.

Por isso, vamos ao tutorial. O processo é tão simples que você só precisa do novo módulo de memória RAM e de uma chave de fenda. Mas antes de fazer qualquer coisa, fique atento. É necessário checar alguns detalhes.

- Continua após a publicidade -

Em primeiro lugar, veja se o chipset e o processador do seu notebook suportam a memória RAM que você pensa em comprar. Também verifique se eles suportam a frequência do módulo escolhido, para isso confira o manual do seu notebook ou placa-mãe. Vale destacar que esse processo é semelhante em outros dispositivo que utilizem o mesmo padrão de memórias.

Sugerimos que você utilize dois módulos feitos pela mesma empresa, que sejam da mesma linha e que tenha a mesma frequência. Assim, eles vão rodar dual channel, o que garante melhor desempenho. No nosso caso, utilizamos 2 pentes HyperX Impact de 8 GB cada, com 1600 MHz de frequência.

Dito isso, é hora de botar a mão na massa. O primeiro passo é virar o notebook de cabeça para baixo e abrir sua carcaça utilizando a chave de fenda. Então verifique se ele possui ao menos 2 slots de memória, que é o que tem na maioria dos modelos. Se esse for o caso, é só prosseguir com o processo, que é bem simples. Basta encaixar o novo módulo de RAM no slot vazio, empurrar a memória na horizontal até que os contatos estejam totalmente encaixados e então a acomodar no slot.

- Continua após a publicidade -

Feito isso, parafuse a tampa do notebook e ligue o aparelho. Se quiser se certificar de que tudo está certo, utilize um programa como o CPU-Z para verificar se os módulos estão trabalhando em Dual Channel e na velocidade máxima. Não se esqueça que é necessário multiplicar por 2 vezes a frequência do CPU-Z para obter o valor real. Ou seja, se a memória estiver rodando a 2133 MHz, a velocidade aparecerá como 1066 MHz no programa.

A partir de agora, é só rodar seus jogos programas favoritos para perceber a diferença. Você deverá perceber que as fases dos games agora carregam mais rápido, e que seu notebook está mais ágil do que nunca para renderizar vídeos e editar fotos. A mudança é ainda mais perceptível se você tiver gráficos integrados, que se aproveitam diretamente da RAM do sistema.

Por ser necessário abrir o notebook, é importante deixar claro que em muitos casos esse processo pode quebrar a garantia, sendo importante ficar atento aos termos de seu produto.

A linha HyperX Impact de memórias padrão SO-DIMM possui kits que vão de 4 GB até 16 GB (2x8 GB) e velocidades de 1600 MHz até 2133 MHz, recomendadas para quem procura o melhor desempenho nesse tipo de componente. Ela possui recursos avançados, como overclock automático até 2400 MHz, sem a necessidade de ajuste nas configurações da BIOS do sistema. Com baixa voltagem, de 1,35 V, ela consome menos energia e gera menos calor. Além disso, ela possui um fino rótulo térmico, que permite que ela seja instalada em aparelhos ultrafinos.

Tags
  • Redator: Redação

    Redação

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.