Google libera atualização 5.1 do Android Lollipop

A primeira grande atualização para o Android 5.0 Lollipop acaba de sair. O Google anunciou que a versão 5.1 está disponível para aparelhos compatíveis, incluindo o Nexus 6 da Motorola e o Nexus 9 da HTC. O update do sistema operacional "melhora a estabilidade, a performance e também oferece alguns novos recursos como o suporte à múltiplos cartões SIM, proteção aos aparelhos e voz em alta definição nos aparelhos compatíveis".

O Lollipop foi reconhecido como uma mudança estética para o Android, porém sua introdução veio com um conjunto de bugs e glitches aleatórios. Com sorte, a versão 5.1 também resolverá a performance ocasionalmente lenta que atrapalha os usuários do Nexus 6, em parte por conta da decisão do Google de criptografar o armazenamento do aparelho fora da estrutura – uma medida para proteger roubos.

O suporte para múltiplos SIM cards é muito importante no mercado do Android One, e o Google também confirma que essa atualização fornecerá o HD Voice para o Nexus 6 no T-Mobile e Verizon, embora esse último não confirmou o lançamento do aparelho.

O Google também está apresentando sua resposta à trava de ativação da Apple, "Activation Lock". Essa é basicamente a mesma ideia de antirroubo aplicada ao Android. Sua intenção é transformar o seu celular roubado em um aparelho inútil, independente quem roubá-lo. "Com o Device Protection, seu aparelho perdido ou roubado continuará lacrado até você logar com sua conta cadastrada – mesmo que alguém resete para as configurações de fábrica."

Além do Nexus 6 e 9, o Google diz que o Device Protection será um recurso disponível "na maioria" dos aparelhos e tablets Android que vierem com a versão 5.1 daqui em diante.

{via}The Verge|http://www.theverge.com/2015/3/9/8178207/google-android-5-1-lollipop-now-available{/via}

Tags
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.