Carro autônomo da Mercedes é visto circulando por ruas de São Francisco

Não é só as empresas de tecnologia, como a Google, que estão iniciando seus esforços na criação de carros capazes de se "auto-dirigir". A Mercedes-Benz apresentou na CES 2015 o F 015 Luxury, um carro autônomo que busca unir a direção automatizada com um design requintado e moderno. O automóvel ganhou a atenção em redes sociais e publicações por ter aparecido, no final da semana passada, pelas ruas de São Francisco.

O que chamou a atenção de muitos foi o fato da Mercedez-Benz não fazer nenhum anúncio prévio, comum nestes primeiros testes com carros capazes de se dirigir de forma autônoma e que ainda envolvem os riscos do desenvolvimento da tecnologia. O carro também surgiu em meio a um centro urbano bastante populado e com trânsito pesado, uma situação ainda pouco utilizada nestes testes por conta dos riscos envolvidos.

Os carros autônomos utilizam uma série de sensores e um sistema de processamento que realiza as decisões sem necessidade de nenhuma interação do motorista. Quanto maior a quantidade de elementos em torno do carro, maior a dificuldade de processar e realizar a ação correta, sendo por esta razão que os grandes centros urbanos estão sendo evitados no início do desenvolvimento desta tecnologia. Por conta da atual legislação americana, todos os testes também obrigam a presença de um motorista pronto para assumir o controle do carro a qualquer momento. 

- Continua após a publicidade -

Como o carro autônomo da Google "vê" o mundo 

Apesar da confusão inicial, a Mercedes-Benz afirmou ao Mashable que tudo não passa de um mal-entendido: o F 015 Luxury visto é uma versão modificada para operar de forma convencional, com direção por uma pessoa, e foi usado apenas para a criação de material publicitário do veículo.

Além da direção automatizada, o F 01 Luxury trará comandos através do smartphone e será híbrido, com autonomia de 1100 quilômetros, combinando 200 quilômetros através de sua bateria interna e percorrendo mais 900 quilômetros através da eletricidade gerada com células de combustível.

O carro também inclui painéis de LED na parte frontal e traseira, capazes de exibir mensagens de aviso aos motoristas e pedestres. No interior, seis displays cobrem a visão dos passageiros em 360º graus projetando imagens de realidade aumentada, em seu centro de "infotainment", uma combinação de entretenimento com informações e navegação. O carro ainda é um protótipo, e só chegará ao consumidor final em 15 anos, de acordo com estimativas da Mercedes-Benz.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.