Mantle estará por trás de "Vulkan", nova versão da API OpenGL

Desde o surgimento da Mantle, a maioria dos gamers acreditou que essa API iria se tornar um padrão industrial para gráficos ou, pelo menos, inspirar os sucessores que ofereceriam benefícios aos hardwares além da linha AMD Radeon. Muitos esperavam que a Mantle chegasse aos sistemas operacionais além do Windows – e estes objetivos estavam na lista da AMD. Mas agora que os novos sucessores gráficos chegaram, sobrou a pergunta: qual o futuro desta API?

Em uma resposta vaga, a AMD afirmou que o destino da Mantle era a "abertura e a coexistência". Hoje, este destino está um pouco mais esclarecido: o fornecedor cruzado Khronos Group escolheu as melhores partes da API para servir como estrutura na nova versão do OpenGL, a Vulkan.

A OpenGL é conhecida por muito tempo como uma API rápida, versátil e de código aberto, com funcionamento em múltiplos sistemas operacionais e compatibilidade com diversos hardwares gráficos.

A Mantle recebeu diversas considerações por sua melhoria no desenvolvimento dos jogos, oferecendo maiores frame rates, redução de latência na renderização, menor consumo de energia da GPU, aproveitamento eficiente de CPUs multi-núcleo. A API da AMD também reinventou recursos como a renderização dividida de frames.

A Vulkan irá combinar as características das duas APIs em uma nova forma de processamento de gráficos. E como produto da colaboração entre muitas empresas de hardware e software, a nova tecnologia prepara o caminho para jogos em PC com cross-plataform apresentando performance excepcional, qualidade nas imagens e recursos.

- Continua após a publicidade -

(via AMD Blog)

Tags
amd
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.