Apple é condenada a pagar R$ 1,5 bilhão por infringir patentes com o iTunes

A Apple foi condenada a pagar US$ 533 milhões (R$ 1,5 bilhão) por um júri federal da cidade de Tyler, no Texas. O motivo? A empresa foi acusada de infringir 3 patentes da companhia texana Smartflash. As patentes questionadas são de Digital Rights Management (DRM), armazenamento de dados e de sistemas de pagamentos.

A defesa da Apple se baseou em tentar provar que as patentes eram inválidas. "A Smartflash não faz produtos, não tem empregados, não cria empregos, não tem presença nos Estados Unidos, e está explorando o nosso sistema de patentes para tentar conseguir royalties por tecnologias que a Apple inventou", disse Kristin Huguet, representante da empresa, em entrevista ao site Bloomberg Business.

A Smartflash, por sua vez, pediu US$ 852 milhões (R$ 2,4 bilhões) de indenização, valor que foi considerado excessivo. Em sua defesa, os advogados da Apple argumentaram que as patentes valem apenas US$ 4,5 milhões (R$ 12,7 milhões).

Só que a Smartflash utilizou o contra-argumento de que a Apple utilizou as patentes sem permissão porque o fundador da empresa texana, Patrick Racz, apresentou a tecnologia para Augustin Farrugia 10 anos atrás. Alguns anos depois, Farrugia viria a se tornar diretor de segurança da Apple.

O julgamento aconteceu na parte leste do estado do Texas, que tem beneficiado os donos de patentes nos julgamentos recentes. A Smartflash processou Amazon e Google na mesma corte e, em breve, entrará numa disputa judicial com a Samsung. A Apple já confirmou que vai recorrer da decisão.

{via}Bloomber Bussiness|http://www.bloomberg.com/news/articles/2015-02-25/apple-told-by-jury-to-pay-532-9-million-in-gaming-patent-trial|The Verge|http://www.theverge.com/2015/2/25/8106339/apple-smartflash-patent-trial-itunes-verdict-texas{/via}

- Continua após a publicidade -

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.