Google vai banir pornografia do Blogspot

O Google não vai mais permitir a publicação de conteúdo sexualmente explícito na sua plataforma de blogs Blogspot (também conhecida por Blogger). A partir do dia 23 de março deste ano, a empresa vai impedir posts com vídeos e fotos de caráter pornográfico e solicitar que as publicações já feitas sejam removidas. Do contrário, o blog vai ficar privado e apenas o dono vai ter acesso ao conteúdo.

Em sua página, o Google diz que os conteúdos com nudez permitidos vão ser os que oferecem “benefício público substancial, como aqueles de cunho artístico, educacional, documentários ou em contextos científicos.” Mesmo assim, quem vai fazer esse filtro é o Google.

Depois do dia 23 de março, quem criar uma conta que infrinja as novas regras vai ter o blog removido. O usuário que não está satisfeito com as mudanças pode exportar todo o blog como um arquivo .xml e fazer o backup via Google Takeout para o Wordpress ou Tumblr.

Atualmente, as políticas de uso do Blogspot permitem a divulgação de conteúdo pornográfico desde que o site seja marcado como Adulto e não exiba imagens e vídeos de abuso infantil, pedofilia e outros. E a forma com que o conteúdo sexualmente explícito vinha sendo vista até então é totalmente diferente. Já no primeiro parágrafo das regras que vão deixar de valer no mês que vem, o Google diz que “censurar este tipo de conteúdo vai de encontro a um serviço que tem como base a liberdade de expressão.”

{via}Google|https://support.google.com/blogger/answer/6170671?p=policy_update&rd=1{/via} 

Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.