Raspberry Pi ultrapassa a cota de 5 milhões de unidades vendidas

Todo mundo quer praticidade, quer um produto pronto e o público entusiasta de computação está desaparecendo. Se toma isto como verdade, melhor rever o conceito: a comunidade DIY (em tradução livre, os "faça você mesmo") segue a toda força e o Raspberry Pi é um forte indicativo. O microcomputador "quase completo" com objetivo educacional e voltado a entusiastas alcançou o total de 5 milhões de unidades vendidas ao redor do mundo.

O Raspberry Pi foi criado com o objetivo de facilitar o acesso de crianças ao aprendizado da computação, com um dispositivo versátil e barato. Com o custo de apenas 35 dólares, o pequeno PC tem o tamanho de aproximadamente um cartão de crédito e possui um bom hardware (principalmente considerando seu custo), compatível com sistemas como Arduíno, Linux e Windows.

Como a própria equipe do Raspberry Pi brincou, no Twitter, com este número de vendas a empresa se tornou o maior fabricante de PCs do Reino Unido, o que não é nada mal para quem começou com a meta de vender "algumas centenas".

- Continua após a publicidade -

O gadget foi incorporado para outros usos além do educacional. Entusiastas da computação e robótica utilizam o computador barato para seus projetos pessoais, e já há uma grande quantidade de sites onde são publicados tutoriais que vão desde luzes de Natal programáveis até a construção de seu próprio tablet. A Apple que se cuide.


Luzes controladas via Raspberry Pi

O Raspberry Pi recentemente ganhou uma nova versão. O Raspberry Pi 2 traz seis vezes mais performance que o primeiro modelo, mantendo o mesmo custo de 35 dólares e o tamanho compacto.

Especificações técnicas
Raspberry Pi 2 Model B

- Continua após a publicidade -
  •  SoC: 900MHz Broadcom BCM2836, ARMv7, quad-core
  • 1GB de RAM
  • Quatro portas USB 2.0
  • HDMI
  • Conexão Ethernet
  • Saída de áudio 3.5mm
  • Entrada para cartão microSD
  • Preço: US$ 35

Raspberry Pi Model B+

  •  SoC: 700MHz Broadcom BCM2835, ARMv7, single-core
  • 512MB de RAM
  • Quatro portas USB 2.0
  • HDMI
  • Conexão Ethernet
  • Saída de áudio 3.5mm
  • Entrada para cartão microSD
  • Preço: US$ 25

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.