Policiais são acusados de colocar informações falsas no Waze para tirar credibilidade do aplicativo

Após um pedido para que o recurso de rastreamento de policiais fosse retirado do aplicativo Waze, os policiais de Miami estão sendo acusados de tentar derrubar o app com as próprias mãos, postando informações falsas no serviço. 

Para isso acontecer, milhares de policiais da cidade norte-americana estariam baixando o aplicativo e postando informações erradas, com a expectativa de que o serviço de rastreamento de policiais perca força e credibilidade.

Com a ajuda dos usuários, o Waze marca em seu mapa onde estão localizadas blitz e viaturas da polícia. O recurso é polêmico por auxiliar que pessoas escapem das paradas policiais. Outra discussão levantada em relação ao recurso foi a segurança dos policiais, que podem ser marcados no serviço e atacados por bandidos.

As acusações contra os policiais não foram confirmadas, mas a porta-voz do Waze, Julie Mossler , ao comentar o caso, disse que a atitude pode fazer os motoristas a dirigirem com mais segurança:

"A maioria dos usuários tendem a dirigir com mais cuidado quando acreditam que a oficiais da lei estão próximos"

Julie Mossler, porta-voz do Waze

- Continua após a publicidade -

Os responsáveis pelo aplicativo também aconselharam os usuários a verificarem a autenticidade da informação, aumentando a visibilidade das postagens mais confiáveis.

{via}The Verge|http://www.theverge.com/2015/2/12/8025209/waze-miami-cops-false-reporting-google-traffic-app{/via} 

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.