Bracelete Tago Arc muda de aparência através de sua tela e-ink

Depois dos smartwatches, agora é oficial: os gadgets colocaram os pés no campo da moda. Enquanto o Android e o iOS tentam ficar "ajeitadinhos" para não comprometer seu look, um acessório Tago Arc faz o caminho reverso: incorpora a tecnologia para inovar no visual.

O bracelete Arc usa uma tecnologia muito querida dos fãs de e-readers: a e-ink. O "papel digital" é um recurso capaz de mudar a aparência do bracelete sem necessidade de retroiluminação e com consumo praticamente nulo para manter a imagem em exibição. 

O acessório ultrapassou a meta necessária para viabilizar a produção no IndieGoGo. As versões mais baratas já estão fora de estoque, então quem quiser adquirir por lá o vestível deve preparar para desembolsar 199 dólares mais o frete. Com a meta alcançada, o produto irá partir para a fabricação em larga escala, e o preço estimado para o consumidor final será de US$ 249, um tanto salgado já que um smartwatch com muito mais funcionalidades, como o Moto 360, é vendido na mesma faixa de preço.

O conjunto mais limitados de funções (no caso do Tago Arc, meramente estética) traz uma vantagem: o acessório não necessita de cabos em nenhuma situação e, segundo os desenvolvedores, nunca precisará ser recarregado. 

A transferência de novos visuais para o bracelete é feito via NFC, e atualmente apenas aparelhos Android são compatíveis. Por conta do bloqueio da Apple desta tecnologia no iPhone apenas para o Apple Pay, é possível que nunca seja adicionado o suporte aos aparelhos da empresa.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.