Samsung está pensando em abandonar o mercado de smartphones no Japão

A Samsung está considerando retirar os seus smartphones do mercado mobile japonês. A empresa de tecnologia está perdendo sua fatia no mercado de celulares e seus lançamentos na região não apresentam o resultado esperado. Segundo o Business Korea, fontes internas do mercado dizem que a companhia avalia essa possibilidade após o número baixo de vendas do Galaxy Note Edge, estabelecido apenas não chegando a 100 mil unidades vendidas. 

O Galaxy Note Edge era o aparelho principal da Samsung e a empresa sul-coreana decidiu lançá-lo no Japão ainda em 2014, numa tentativa de competir com a nova geração de iPhones da Apple. Entretanto, o lançamento não conseguiu bater as expectativas da empresa e tampouco apresentou impacto no mercado japonês.

Por outro lado, a Apple apresentou um grande sucesso no mercado japonês durante o último trimestre do ano passado, no qual os novos iPhone 6 e iPhone 6 Plus tornaram-se sucesso de vendas e aumentaram a fatia de domínio da empresa. A Samsung perdeu espaço, caindo de 17% para apenas 4%.

Os resultados da Samsung têm caído nos últimos trimestres financeiros, apontando a necessidade da empresa de oferecer um aparelho competitivo. Ainda não está claro se o futuro Galaxy S6 será o smartphone que conseguirá mudar o quadro da companhia sul-coreana.

Entretanto, independente do sucesso do novo dispositivo, a Samsung pode ainda assim decidir abandonar o mercado japonês. Tal decisão não seria inédita: a empresa parou completamente de oferecer suas televisões no Japão em 2007, devido a uma demanda baixa de produtos. 

{via}Neowin|http://www.neowin.net/news/samsung-reportedly-thinking-of-abandoning-japanese-phone-market{/via}

Tags
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.