[Rumor] Veja possíveis configurações e estimativa de preços da série AMD Radeon 300

A AMD está dando os toques finais na sua próxima linhas de placas de vídeo e enquanto ainda levará um tempo para que elas cheguem ao mercado, seus respectivos codinomes já foram compilados pela Videocardz (via 3DCenter). A série AMD Radeon 300 será a sucessora da Radeon 200, revelada em 2013 durante o evento GPU14 realizado no Havaí. Alegadamente, as linhas de GPUs foram divididas em Fiji, Grenada, Tonga e Trindad.

Apesar de ainda estarmos algum tempo do lançamento – previsto para o segundo trimestre do ano – a época torna-se cada vez mais propícia para vazamentos mais precisos, como ocorreu da mesma forma durante o período anterior à chegada da série Radeon R200. A maioria dos codinomes obtidos da série R300 derivam de drivers Catalyst lançados no ano passado, e há diversas indicações pelas quais suas nomeações seriam confirmadas: os títulos estiveram presentes em diversos manifestos de envio durante suas etapas iniciais de desenvolvimento. 

Entretanto, os nomes das placas da série R300 não são informações oficiais e tampouco correspondem ao posicionamento dos chips.

Linha Radeon R9 395X2 – Codinome "Bermuda"

Dentre os rumores, a GPU Bermuda é conhecida por ser a previsão de topo-de-linha da série Radeon 300. Assim como a própria Ilha das Bermudas, a placa permanecia como um mistério. Entretanto, foi revelado que este não é o nome de uma placa gráfica, mas sim um codinome para uma placa de vídeo com dois chips gráficos.

- Continua após a publicidade -

Assim como o Vesuvius, o chip estará presente na sucessora da Radeon R9 295X2, a Radeon R9395X2, com expectativa de lançamento para o fim de 2015. O preço da placa-símbolo da AMD provavelmente estará na faixa dos U$1499 e incluirá novamente a mesma tecnologia de resfriamento líquido integrado presente na anterior.

Linha Radeon R9 390 – Codinome "Fiji"

A microarquitetura Fiji é a que estará presente nas sucessoras das Radeon R9 290X e 290. Inicialmente, apenas dois chips serão esperados – Fiji XT e Fiji Pro, que estarão presentes nas Radeon R9 290X e R9 390, respectivamente. Não há confirmações sobre quais especificações estes componentes terão, mas o mais avançado também estará presente dentro da placa dual chip Radeon R9 295X2. 

Algumas especificações publicadas anteriormente apontam que o chip terá 4096 núcleos e uma memória HBM 4096 (1024 bit-por-canal) de 4GB. Ele também será o primeiro chip a adotar o design de memória HBM do SK Hynix, empilhando camadas e camadas de memória rápida na die do GPU. 

Há rumores de uma terceira variação chamada Fiji CE, com um design ainda mais reduzido e um design de memória de 2GB. Segundo os detalhes dos rumores, toda esta ilha utilizará a arquitetura gráfica GCN 1.3

- Continua após a publicidade -

Linha Radeon R9 380 – Codinome "Grenada"

A série R9 380 será baseada na microarquitetura Grenada, o que segundo os rumores, indica ser uma recaracterização da Hawaii devido à similaridade de suas configurações. Haverão duas versões do chip com esta estrutura: o Grenada XT, presente na R9 380X, e o Grenada Pro, presente na R9 380, apresentando 2816 e 2560 núcleos, respectivamente.

Ambas as placas apresentarão também os mesmos 4GB de GDDR5 VRAM e interface de memória 512 bit. Embora não especificado, o preço provavelmente será mais atrativo aos gamers devido a capacidade desta linha de renderizar jogos em 4K com taxa de frames aceitáveis nos jogos.

Linha Radeon R9 370 – Codinome "Tonga"

A série Radeon R9 370 será a linha de entrada para os R9 300 e terá performance estabelecida conforme a tendência do mercado. Baseado no chip Tonga, haverão duas versões – o Tonga Pro, que irá na Radeon R9 370 e terá as mesmas especificações da R9 285, e o Tonga XT, presente na Radeon R9 370X, com bus de 384-bit e 3GB de memória GDDR5, juntamente com o processador de 2048 núcleos.

A R9 370X apresentará o máximo do potencial para este chip, feito em GCN 1.2 e adotado pelas R9 285 e R9 M295X. Ambas as placas serão oferecidas na faixa de U$200.

Linha Radeon R7 360 – Codinome "Trinidad"

O último da lista é o chip de microarquitetura Trinidad, previsto para as placas da linha R7 360. Estas GPUs terão desempenho de produtos de entrada e acima de U$100. Abaixo delas estariam as correspondentes às R7 250 e R7 240, ainda não informadas. Esta linha, com valor previsto para U$150, terão bus de 256-bit e 2GB de VRAM GDDR5. A microarquitetura pode conter também estrutura GCN 1.3.


{via}Wccftech|http://wccftech.com/amd-radeon-300-series-graphics-cards-codenames-detailed-rumors-point-grenada-hawaiis-successor/{/via}

Tags
amd
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.