Grande seguradora dos EUA é hackeada e dados de 80 milhões de pessoas ficam vulneráveis

A Anthem, segunda maior empresa de seguros de saúde dos Estados Unidos, declarou ontem à noite que teve seu banco de dados invadido por hackers, o que deixou expostas informações pessoais de até 80 milhões de indivíduos, incluindo clientes e funcionários.

Segundo a nota divulgada pela empresa, os dados que podem ter sido acessados incluem os nomes completos das pessoas, datas de nascimento, números do seguro social (equivalente ao nosso número de identidade), datas de nascimento, endereços, números de telefone, e-mails e informações sobre seus empregos. Ou seja, praticamente tudo que se pode saber oficialmente sobre uma pessoa. Joseph Swedish, CEO da Anthem, entretanto afirma que não há evidências de que tenham sido vazados números de cartão de crédito ou históricos médicos. Os dados do próprio Swedish, segundo ele, também foram expostos.

A base de dados da empresa alcança 80 milhões de pessoas, mas a companhia ainda está trabalhando com o FBI para apontar quantos foram efetivamente acessados. Até o momento se fala em "dezenas de milhões", o que deve tornar esse o maior ataque a uma seguradora de saúde norte-americana da história.

Este deve se tornar o maior ataque já feito a uma seguradora norte-americana

Se o recente ataque hacker à Sony nos ensinou alguma coisa, esse pode ser só o início da dor de cabeça para a Anthem, porque se 80 milhões de pessoas decidirem processar a empresa, não vai ser nada fácil.

{via}CNET|http://www.cnet.com/news/hack-of-health-insurer-anthem-may-have-exposed-data-of-millions/{/via} 

- Continua após a publicidade -

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.