No primeiro ano de Lenovo, vendas de smartphones da Motorola dobram

A transação só foi confirmada em outubro de 2014, mas já faz mais de um ano desde que a Lenovo anunciou a compra da Motorola, por US$ 2,91 bilhões (R$ 7,9 bilhões). Parece que a aquisição fez bem para a Motorola, já que as vendas de smartphones da empresa cresceram 118% no último ano.

Análise: Moto G (2ª geração)

De acordo com a empresa, foram cerca de 10 milhões de aparelhos enviados aos lojistas nesse período. Claro que parte dessa demanda aconteceu antes da aquisição ser oficializada. Mesmo assim, isso ajudou a divisão unificada de dispositivos móveis da Lenovo a crescer 78% nesse período.

Análise: Moto X (2ª geração)

A situação da Motorola antes disso não estava nada boa, sendo que a empresa chegou a anunciar o fechamento de sua fábrica dos EUA, que ficava em Fort Worth, no Texas. O motivo eram as fracas vendas dos smartphones da empresa no país, especialmente do Moto X de primeira geração, que vendeu apenas 500 mil unidades nos 2 primeiros meses após o lançamento.

Análise: Moto Maxx

- Continua após a publicidade -

Além dos dispositivos móveis, a Lenovo também registrou crescimento de 4,8% na sua fatia do mercado de tablets. Sem contar a venda de PCs, que chegaram a 16 milhões de unidades comercializadas, 5% a mais do que no ano anterior.

{via}Engadget|http://www.engadget.com/2015/02/03/motorola-smartphone-sales-double-in-a-year-as-lenovo-takes-over/{/via}

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.