Códigos do Humble Bundle não serão mais adicionadas automaticamente pela Steam

Ao que parece, acrescentar jogos nas contas da Steam por compras do Humble Bundle vai ficar um pouquinho mais complicado: a plataforma virtual de jogos decidiu não utilizar mais o OAuth, o sistema utilizado para permitir aos usuários a adição automática de games em suas contas. A decisão afetará todas as compras realizadas no site de pacotes promocionais a partir desta segunda-feira (13).

Em uma nota publicada no site, a revendedora anunciou que as novas compra serão feitas utilizando o sistema antigo de adição de jogos. Antes do OAuth, os usuários precisavam copiar os códigos-chave gerados pelo Humble Bundle, ir até a tela de ativação de games na Steam e inseri-los manualmente. O procedimento, que voltará a ser necessário a partir de agora, exigirá o input de cada jogo na conta.

A Valve não se manifestou sobre a decisão de não inserir mais jogos pelo OAuth. Entretanto, a decisão pode fazer parte de uma política de reforço de segurança tomada pela empresa para proteger os seus usuários de malwares e programas externos que os deixem vulneráveis. Ontem, a empresa anunciou a inserção de testes CAPTCHA para verificar a integridade das trocas de presentes e trading cards.

Ambos os procedimentos de inclusão de códigos do Humble Bundle tinham suas desvantagens. Enquanto o primeiro processo exige a inserção manual de cada código na conta, validar os jogos através do OAuth exigia o login do usuário (e por vezes, autenticação em outros PCs) na Steam, necessitando autenticar a validação do acesso antes disso. Entretanto, é inegável que o processo atual atrasará um pouco mais a adição de grandes pacotes de jogos às bibliotecas. 

{via}VG247|http://www.vg247.com/2015/01/13/your-humble-bundle-keys-will-no-longer-be-automatically-redeemed-through-steam/{/via}

Tags
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.