CEO da Sony afirma que os ataques dos hackers do GoP não vão dar prejuízo para a empresa

Kazuo Hirai, CEO da Sony, afirmou em entrevista durante a CES 2015 que a empresa não espera sofrer grande impacto financeiro por causa dos ataques de hackers que sofreu no final do ano passado. A Entrevista, o filme que ocasionou o ataque do Guardians of Peace, rendeu US$ 36 milhões desde seu lançamento.

"Nós ainda estamos analisando os efeitos do ataque cibernético. No entanto, não vejo isso como algo que vai causar uma perturbação material nas operações de negócios da Sony Pictures, basicamente, em termos de resultados para o ano fiscal atual."

O ataque realizado pelos hackers vazou informações e-mails sensíveis que causou constrangimento aos executivos da empresa, além de filmes ainda não lançados e informações privadas de funcionários e ex-funcionários da companhia. Este último vazamento, aliás, está rendendo um processo contra a empresa, que provavelmente não foi levado em conta por Hirai quando ele afirmou que não espera grandes prejuízos causados pelo ataque.

{via}Info|http://info.abril.com.br/noticias/mercado/2015/01/presidente-da-sony-diz-que-ciberataque-nao-tera-impacto-financeiro-significativo.shtml?utm_source=redesabril_info&utm_medium=twitter&utm_campaign=redesabril_info&utm_content=plantao{/via} 

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.