Sony disponibiliza o "A Entrevista" na internet, porém apenas em alguns países

A epopeia do filme "A Entrevista" chegou ao fim com a Sony enfim liberando o filme para os consumidores através de múltiplas plataformas de streaming, como o Google Play, YouTube,  Xbox Video e um site dedicado, o https://www.seetheinterview.com/.

 O filme estÁ disponível para aluguel por US$ 5.99, e compra em definitivo por US$ 14.99, porém não é todo mundo que terÁ acesso: a Sony bloqueou o conteúdo para diversos países, trava que inclui o Brasil e torna impossível ter acesso ao filme sem o uso de algum software que mascare a localização.

Como discutimos recentemente em um Videocast, quando você torna difícil a vida do consumidor, inevitavelmente irÁ partir para a pirataria. O curioso é que muito dos torrents que circulam agora na internet foram alimentados por uma falha: era possível baixar o vídeo através do site oficial. Bastava alugar o filme para que uma opção de salvar o vídeo surgisse quando clicado com o botão direito do mouse, o que facilitou e muito a disponibilização do filme nos meios ilegais. De acordo com estimativas do TorrentFreak, "A Entrevista" foi baixado 750 mil vezes nas primeiras 20 horas após surgir em torrents.

O filme "A Entrevista" ganhou muito hype após se tornar o motivo para sucessivos ataques de hackers da Coreia do Norte. A comédia retrata uma tentativa de assassinato de XXX, líder do país, e satiriza o governo local. Os cibercriminosos expuseram uma série de dados da Sony, como informações de seus funcionÁrios, e-mails pessoais e roteiros de filmes não divulgados, com um prejuízo estimado de 100 milhões de dólares. Após ameaças de ataques terroristas nas sessões de cinema, a Sony chegou adiar o lançamento do filme.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.