Após remoção por conteúdo controverso, Hatred está de volta à Greenlight na Steam

O simulador de chacina em massa da Destructive Creations estÁ de volta à plataforma experimental de desenvolvimento da Steam. Na última segunda-feira (15), a Valve removeu Hatred da Greenlight algumas horas após sua submissão para avaliações, e agora o jogo estÁ de volta, sob orientações de Gabe Newell. O motivo para remoção, segundo a empresa, era que o shooter isométrico demonstrava conteúdo controverso e impróprio.

A decisão de derrubar o game partiu do diretor de marketing da Valve, Doug Lombardi, devido à proposta de Hatred, que conforme anunciada em outubro, é a de que os jogadores saiam pelas ruas provocando o caos e a morte sem nenhum outro propósito além do puro ódio. Como resposta, a Destructive Creations manifestou respeito à decisão da empresa. "Apesar de jogos como Manhunt ou Postal ainda estarem disponíveis na Steam, nós respeitamos totalmente a decisão (da Valve), pois é direito deles. Ao mesmo tempo, queremos garantir que isso não impactarÁ de forma alguma no desenvolvimento do game, na visão dele ou no que planejamos para sua jogabilidade."

O diretor criativo da Destructive Games, Jarosław Zieliński, postou ontem (16) uma mensagem no Facebook da empresa sobre um e-mail enviado pelo co-fundador da Steam, Gabe Newell, informando sobre a decisão de recolocar o jogo na Greenlight. Na mensagem, Newell pede desculpas pela decisão, que foi tomada sem seu consentimento.

OlÁ, Jaroslaw.

Ontem eu ouvi falar de que estÁvamos retirando Hatred da Greenlight. Como eu não estava ciente disso, perguntei para a equipe sobre os motivos desse gesto. Ao que parece, não foi uma boa decisão, e estaremos colocando Hatred de volta. Peço desculpas a você e a sua equipe. O propósito da Steam é criar ferramentas para criadores e consumidores de conteúdo.

- Continua após a publicidade -

Boa sorte com seu jogo.

Gabe

Segundo a desenvolvedora, a receptividade de Hatred no Greenlight foi majoritariamente positiva, recebendo 13.148 votos positivos da comunidade Steam. Em termos de posicionamento, o game alcançou a sétima posição na lista dos top 100 jogos antes de ser removido. "Essa é a maior prova de que hÁ uma grande comunidade de fãs esperando para o jogo ser lançado," disseram os desenvolvedores do game, "e que nós precisamos continuar com o desenvolvimento para oferecer uma jogabilidade desafiadora e empolgante."

{via}Polygon|http://www.polygon.com/2014/12/16/7406713/hatred-returns-to-steam-greenlight-valve{/via}

Tags
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.