Segundo desenvolvedor, ainda levará "anos" para jogos grandes suportarem o Oculus Rift

Maciej Binkowski, chefe de design do game Dying Light, do estúdio Techland, mostrou numa entrevista que ele, como desenvolvedor, não estÁ muito otimista com a realidade virtual aparecer tão cedo na vida do jogador comum. Segundo Binkowski, o Oculus Rift ainda estÁ a "anos" de distância de rodar jogos mais pesados e o maior motivo disso é o tal do framerate.

A frequência dos quadros por segundo tem abrangências aceitÁveis na televisão, mas na realidade virtual ela causa nÁusea instantânea no usuÁrio se for muito baixa. A versão atual do Oculus Rift, por exemplo, é projetada para rodar a 75 quadros por segundo (fps) e estima-se que a versão final do aparelho, para o consumidor, vai mirar nos 90fps.

Visto que o Dying Light vai rodar em 30fps no PS4 e Xbox One, não é de se admirar que Binkowski ainda não estÁ empolgado com a nova tecnologia.

"Com esse nível de complexidade como o de Dying Light, eu acho que vai levar anos (pra realidade virtual funcionar)."

- Maciej Binkowski -

A situação seria mais contornÁvel pelo PC, mas mesmo nessa plataforma, não são todas as placas de vídeo (leia-se as mais acessíveis) que conseguem rodar jogos mais novos e extremamente pesados acima dos 60fps.

- Continua após a publicidade -

{via}TechRadar|http://www.techradar.com/news/gaming/consoles/aaa-games-on-oculus-rift-are-years-away-says-dev-1276886{/via} 

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.