Versão de "Papers, Please" para iPad seria rejeitada pela Apple devido a "conteúdo pornográfico"

O criador de Papers, Please, Lucas Pope, revelou que a versão do jogo para iPad foi inicialmente rejeitada devido à inclusão do que foi classificado como "conteúdo pornogrÁfico". O indie game serÁ adaptado para uma versão com uma leve censura em comparação ao título disponível atualmente para PC, Mac e Linux. O simulador de escritório de imigração serÁ lançado para o tablet da Apple amanhã (12).

Os questionamentos da Apple estavam relacionados a um scanner presente no jogo, que permite aos jogadores escanear o corpo dos possíveis imigrantes para garantir que eles não estariam levando produtos ilegais. Entretanto, apesar da aparência humana estilizada no game, a empresa insistiu que o recurso era equivalente a "conteúdo pornogrÁfico"e deveria ser removido na versão de iPad. Lucas Pope declarou no Twitter que a versão de iPad não terÁ a opção de "nudez total" para o scanner, jÁ que a Apple rejeitou esta opção por conter "conteúdo erótico".

Além da versão de iPad, Papers, Please receberÁ uma adaptação para PS Vita, porém ainda estÁ em fase de desenvolvimento e levarÁ muito tempo. "Eu fiz a versão de iPad por conta própria," disse Pope, "a portabilidade para Vita tem mais detalhes, então ainda não hÁ tempo de lançamento estimado. Eu provavelmente anunciei isso cedo demais."

Pope também estÁ trabalhando em seu próximo jogo, Return of The Obra Dinn, que jÁ tem uma demo disponível e pode ser baixada em seu website.

- Continua após a publicidade -

{via}CVG|http://www.computerandvideogames.com/482542/papers-please-on-ipad-was-rejected-by-apple-due-to-pornographic-content/{/via}

Tags
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.