Hackers que atacam a Sony fazem menção ao filme "A Entrevista"

A Sony segue sobre sucessivos ataques realizados por um grupo que se identifica como GOP (Guardians of Peace, "guerreiros da paz" em tradução livre). Até o momento, a maioria das suspeitas estavam direcionadas para a Coreia do Norte, por conta da produção de um longa metragem em que Kim Jong-un, atual governante do país, seria assassinado. Em sua última carta de ameaça, o GOP fez a primeira menção que indica que este é mesmo o motivo.

Estamos enviando um alerta novamente. Aceite nossas demandas se querem escapar de nós. E, pare imediatamente de mostrar este filme de terrorismo que pode acabar com a paz regional e causar a GUERRA! Você, Sony e FBI, não podem nos encontrar. Nós somos perfeitos. O destino da Sony estÁ totalmente na sabedoria e medidas de reação da Sony.


- carta aberta do GOP

 

O principal motivo do conflito é o filme "A Entrevista", em produção pela Sony e com participação de Seth Rogen e James Franco. A comédia tem como enredo uma entrevista com Kim Jong-un, atual líder da República Popular Socialista da Coreia do Norte, que acaba se tornando em um plano para assassinÁ-lo após uma intervenção da CIA. Uma das características mais marcantes da atual dinastia que governa o país asiÁtico é o culto ao líder, motivo pelo qual existe esta reação exagerada a qualquer crítica ou sÁtira a Kim Jong-un.


Trailer oficial do filme

Além do vazamento de filmes ainda não anunciados, o GOP tem estendido suas ameaças aos funcionÁrios da Sony e seus familiares. O grupo jÁ vazou diversos dados sensíveis da empresa, como os números de registros de Seguridade Social de mai de 47 mil pessoas, atuais funcionÁrios ou que jÁ fizeram parte da empresa.

- Continua após a publicidade -

{via}The Verge|http://www.theverge.com/2014/12/8/7355853/hackers-tell-sony-to-halt-the-release-of-the-interview{/via} 

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.