"Ex-guru" de games indie da Nintendo agora está trabalhando em novo game, "Chasm"

O ex-gerente de distribuição digital da Nintendo, Dan Adelman – conhecido como o cara que trouxe jogos indie para os consoles da empresa – uniu forças com a Discord Games para trabalhar no novo "Metroidvania" da empresa, o jogo indie Chasm. Iniciado em abril do ano passado, o projeto bateu sua marca de U$150 mil no Kickstarter, alcançando U$ 191.897. O game estÁ previsto para o segundo semestre de 2015, para PS4, PC, Mac e Linux, embora outras plataformas estejam em consideração.

Dan Adelman anunciou que se sentiu envolvido com a estrutura do game, que ainda estÁ em estÁgio alpha. O game possui estilo visual em 2D, somado à mapas gerados aleatoriamente. "O estilo de jogo, junto com os cenÁrios aleatórios me atraíram completamente. Nenhum jogador terÁ a mesma experiência, e isso foi o que me atraiu."

O presidente da Discord Games, James Petrucci, acredita que a inclusão de Adelman no projeto irÁ fazer toda a diferença. "Como desenvolvedores, nosso foco na maioria das vezes estÁ na criação do jogo. O lado dos negócios nunca foi nossa paixão." Segundo ele, a orientação e experiência de mercado irão ajudar a empresa a dar o foco no marketing e nos negócios para que Chasm tenha um bom desempenho de vendas.

Este não é o primeiro projeto indie que Adelman apoia. Anteriormente, o ex-gerente da Nintendo anunciou que estaria assessorando o título Axiom Verge, exclusivo para Playstation 4, que também se tratava de um "Metroidvania" indie. Em seu blog, Dan compara os dois projetos, dizendo que apesar das similaridades, ambos são exemplos primordiais de variedades dentro de um mesmo gênero de jogo – do qual ele se revela um grande fã.

Você pode assistir o trailer de Chasm no vídeo abaixo:

- Continua após a publicidade -

{via}Eurogamer|http://www.eurogamer.net/articles/2014-12-03-ex-nintendo-indie-game-guru-dan-adelman-now-working-on-chasm{/via}

Tags
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.