Obras de arte são transformadas em mapas jogáveis para Minecraft

A discussão se games devem ser considerados arte alcançou outro nível nesta semana com a jogada da museu de arte do Reino Unido Tate, que transformou pinturas consagradas em mapas jogÁveis para Minecraft. Dois cenÁrios foram lançados, um baseado em "The Pool of London" pintura da cidade de Londres em 1906 feita por Andre Derain e outro mapa que leva como inspiração a obra de Chistopher Nevinson "Soul of the Soulless", pintura de Nova York feita em 1920. A Tate pretende lançar mais seis mapas temÁticos baseados em obras de arte em 2015. 

O primeiro mapa leva o jogador a Londres de 1902, aos olhos do pintor Andre Derain. O cenÁrios mostra parte do Rio Tamisa e os navios ancorados, além da London Bridge e monumentos como a Torre de Londres, tudo com as cores vivas utilizadas pelos seguidores da corrente artística fauvista, que Andre Darian fazia parte.

O mapa que retrata Nova York através da visão de Chistopher Nevinson tem como cenÁrio os arranha-céus e a cidade em crescimento que era Nova York nos anos 20, vistos de um trem em movimento. 

Os próximos mapas ainda não tem data definida para serem lançados, mas algumas das pinturas que serão tema para os cenÁrios foram revelados pela Tate, entre eles, a obra de Peter Blake, The Toy Shop, de 1962 e The Destruction of Pompeii and Herculaneum, feita por John Martin em 1822.

Com uma jogabilidade simples e direta, Minecraft  é bastante aclamado entre os jogos de mundo aberto por permitir que grandes construções e trabalhos artísticos sejam feitos no jogo. O game jÁ é tão popular que serÁ adaptado para os cinemas, pelo estúdio Warner Bros.

- Continua após a publicidade -

{via}Engadget|http://www.tate.org.uk/about/projects/tate-worlds-art-reimagined-minecraft{/via} 

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.