Kim Dotcom afirma que "está quebrado"

Kim Dotcom, fundador do site MegaUpload, afirmou em uma sessão de perguntas e respostas online que "estÁ quebrado". Dotcom contou que todo seu time de advogados resignou de seu caso porque ele gastou mais de 10 milhões de dólares em sua defesa, até o momento, e agora estÁ sem dinheiro.

O site MegaUpload, junto com o The Pirate Bay, se tornou o epicentro do conflito pela defesa dos direitos autorais. A cruzada de Dotcom começou em janeiro de 2012, quando o governo americano tirou do ar o MegaUpload. A acusação do FBI é que o site constituía "um negócio criminoso internacional alegadamente responsÁvel pela pirataria online de inúmeros trabalhos protegidos por direitos autorais no mundo todo, através do Megaupload.com e outros sites relacionados".

O MegaUpload operava com um site de compartilhamento de arquivos, onde eram distribuídos desde arquivos livres de licenças a até conteúdos protegidos por copyright. Os usuÁrios perderam o acesso de seus dados armazenados pouco tempo depois da retirada do site do ar, o que incluía desde "conteúdos piratas" até arquivos pessoais. Kim Dotcom afirma que, apesar de seu site ter sido tirado do ar pelo governo americano, apenas 7% de seu trÁfego de dados provinha dos Estados Unidos.


Kim Dotcom fala do fechamento do MegaUpload e sua falência (em inglês)

Após pagar fiança e enfrentando uma série de processos judiciais por quebra de direitos autorais, Dotcom trabalhou em um novo serviço de armazenamento na nuvem, o Megaque posteriormente abandonou para tocar um projeto de uma nova plataforma de música, o Baboom, que pretendia trazer um modelo mais justo de pagamento para artistas do meio musical - Kim Dotcom tem um talento para pisar no calo das grandes gravadores. Outra cruzada de Dotcom foi na Área política, com a fundação do partido Megaparty, na Nova Zelândia, que nas últimas eleições não foi capaz de eleger um único representante.

Outro momento marcante da trajetória de Kim Dotcom é que a simpÁtica figura chegou a ser Top 3 global em Call of Duty: Modern Warfare 3

- Continua após a publicidade -

Na quinta-feira, Kim Dotcom volta aos tribunais, no que ele próprio afirma que pode ser "sua última aparição pública", se referindo a possibilidade de ser preso em definitivo. Dotcom estÁ em prisão domiciliar na Nova Zelândia.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.