Samsung contra-ataca e tenta bloquear vendas de placas da Nvidia nos EUA

LÁ por setembro, a Nvidia entrou com um processo para bloquear as vendas de produtos da Samsung nos Estados Unidos, pois a sul-coreana teria quebrado patentes da fabricante de chips grÁficos. Na época, a Samsung passou a bola, e afirmou que a culpa do uso indevido de patentes fica na conta da Qualcomm e seus demais fornecedores de chips. A sul-coreana voltou a questão, com um contra-ataque e tanto: quer bloquear as vendas das placas da Nvidia no mercado americano.

A Samsung protocolou uma reclamação contra a Nvidia no International Trade Center (ITC) em Washington, também acusando a fabricante de GPUs de uso sem permissão de patentes em produtos como o Shield Tablet, ao mesmo tempo que afirma que a Nvidia agiu de mÁ fé ao fazer falsas afirmações de quebra de patentes em produtos como o Galaxy Note.

Nesta guerra, de um lado hÁ a Samsung e todo seu histórico de desenvolvimento de produtos como smartphones e tablets, enquanto por parte da Nvidia temos uma das pioneiras no desenvolvimento de chips grÁficos, atualmente um componente indispensÁvel em qualquer gadget que exiba vídeos ou rode games. A disputa por patentes incluem aspectos bastante essenciais, como processamento multithread na GPU e shading unificado, por parte da Nvidia, enquanto a Samsung colocou na disputa patentes bastante técnicas, como a forma que semicondutores - entenda chips - processam data.

Galaxy Note e Shield Tablet estariam entre os produtos onde hÁ disputa por quebra de patentes

Além da Nvidia, a ação movida no ITC pela Samsung e a Qualcomm inclui outras empresas "na roda", como as fabricantes Biostar Microtech International e Elitegroup Computer Systems (ECS).

- Continua após a publicidade -

{fonte}Bloomber|http://www.bloomberg.com/news/2014-11-21/samsung-files-complaint-to-block-nvidia-chips-from-u-s-1-.html{/fonte}

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Pra você, quem merece o GOTY?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.