Suécia pretende adicionar classificação de sexismo nos jogos de videogames

A empresa do governo sueco Vinnova estÁ trabalhando para adicionar uma classificação sexista nos jogos de videogame. Inspirado no teste de Bechdel, que classifica mídias de acordo com a relação entre as mulheres que aparecem, a etiqueta sexista terÁ como base de avaliação a forma em que personagens femininas são apresentadas nos games. 

A Vinnova estÁ pagando cerca de US$ 36 mil para a empresa sueca de games Dataspelsbranchen estudar e avaliar as personagens femininas na indústria dos games.

"Eu não sei de nenhum outro projeto no mundo fazendo esta pergunta, e é claro, queremos que a Suécia seja um exemplo nesta Área"

disse o gerente da iniciativa Anton Albiin.

Ainda não ficou claro se a classificação funcionarÁ no mundo todo ou apenas na Suécia, mas, por ser o país de jogos como Minecraft, Hotline Miami, Battlefield e Goat Simulator, provavelmente você verÁ a nova etiqueta.

{via}Time|http://time.com/3587853/sweden-video-games/{/via} 

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Pra você, quem merece o GOTY?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.