Chineses criam laser anti-drone capaz de destruir veículos aéreos não tripulados de pequeno porte

A febre dos drones nem passou e jÁ tem gente que estÁ de saco cheio. E não, não é a Raspberry Pi. Dessa vez, pesquisadores chineses criaram um novo laser anti-drone capaz de destruir os veículos menores e de baixa altitude. A mÁquina, de acordo com os engenheiros responsÁveis, consegue atacar drones que estejam em um raio de 2km e que estejam voando numa velocidade abaixo de 112m/h.

Por mais que os drones estejam sendo usados para entregas em domicílio e até concursos de fotografias, os veículos aéreos não tripulados significam uma grande ameaça à privacidade e até a seguranças das pessoas (vide atleta ferido durante competição na AustrÁlia). A Agência Federal de Aviação dos EUA (FAA) até proibiu o trânsito de drones em estÁdios e pistas de corridas. Mas, como os veículos são novos, é difícil fazer a fiscalização.

A China, por isso, vem interceptando drones com o trabalho de snipers e helicópteros, mas, de acordo com Yi Jinsong, gerente da produtora do laser anti-drone, humanos "estão sempre propensos a falhas que podem resultar em danos não previstos".

Via Tweak Town.

Assuntos
Tags
  • Redator: Luiz Menezes

    Luiz Menezes

    Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina desde o segundo semestre de 2012 e gamer desde 1999, quando teve a oportunidade de jogar "Adventure" no Atari (mesmo não passando nem da segunda fase). Hoje é estressado com o Xbox 360 e com os ADCs noobs que sempre feedam o Draven. Trabalha na Adrenaline por causa da paixão por games e porque precisa de dinheiro para comprar consoles novos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.