Bateria que "respira" é capaz de se recarregar com luz solar

Como resolver o problema da autonomia baixa de nossos complexos gadgets? Um misto de bateria com carregador solar pode ser a solução. Pesquisadores da Universidade do Estado de Ohio estão trabalhando no que seria a primeira "bateria solar". A base do funcionamento deste novo componente é que ele utiliza o ar para a recarga, e consegue transferir elétrons entre o painel solar e o eletrodo de forma mais eficiente.

O baixo custo é um dos focos dos pesquisadores: "O estado da arte é usar um painel solar para capturar a luz, e então usar uma bateria barata para armazenÁ-la", afirma Yiying Wu, professor de Química e Bioquímica na Universidade de Ohio. As baterias carregadas via energia solar costumam ser compostas por quatro eletrodos, enquanto este modelo em desenvolvimento necessita apenas de três. Isto possibilita a criação de baterias mais baratas e compactas.

O novo design também traz maior eficiência ao transmitir a energia capturada pela placa solar para bateria. Nos modelos convencionais, em torno de 20% da energia é perdida na transferência, enquanto neste protótipo quase 100% da energia é transferida.  

A bateria opera da seguinte forma: quando carregando, o painel solar "cria" elétrons, que vão atuar na decomposição do peróxido de lítio, resultando em íons de lítio e oxigênio. O oxigênio é liberado no ar,e quem jÁ leu as especificações escritas na bateria sabe que íons de lítio é basicamente "a coisa mÁgica que faz a bateria funcionar".

- Continua após a publicidade -

Ao descarregar, a bateria faz o inverso: consome o oxigênio do ar para criar o peróxido de lítio e recomeçar o processo. "Basicamente, é uma bateria que respira. Inspira quando gasta energia, e expira quando recarrega", afirma Wu.

O Departamento de Energia dos Estados Unidos estÁ investindo neste projeto, que ainda irÁ explorar novos materiais para ampliar a performance desta bateria "respirante". Falta saber a eficiência desse sistema em operar com pouca quantidade de luz, pois precisar deixar o celular "pegando sol" ao meio-dia não parece a solução ideal.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Bingo pré-lançamento Radeon RX 6000. A Big Navi vai ser:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.