Nova CEO da AMD, Lisa Su, explica o futuro da empresa

A AMD anunciou ontem quais são os principais planos e mudanças previstos para a empresa até o fim do ano. A declaração mais significativa de todas foi a mudança de CEO da companhia, Lisa Su, que ocupava o cargo de diretoria de operações. Esta é a primeira vez que uma mulher assume a liderança na história da empresa, incluindo-a como uma das poucas líderes femininas no Vale do Silício.

Nas entrevistas, Lisa diz que a AMD se voltarÁ para os chips K11, K12 e também as próximas GPUs da Radeon com tecnologia de 20 nm. Além disso, a CEO mencionou o foco em desenvolvimento de chips customizados e soluções embutidas, como APUs."Se estÁ previsto que o mundo terÁ em torno de 50 bilhões de dispositivos conectados, queremos que nossa empresa esteja na maioria deles," declara.

Quando perguntada sobre a competitividade da empresa, a CEO responde que confia nos recursos desenvolvidos pela AMD, garantindo que não ficarÁ "na sombra da concorrência". Lisa declarou confiar na tecnologia oferecida pela companhia, que se aplicam em um vasto mercado que vai desde computadores convencionais até os dispositivos com soluções embutidas.

(Fontes: Fudzilla / VentureBeat)

Tags
amd
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.