Twitter abre seus servidores para os cientistas do MIT terem livre acesso aos tweets

À pedido do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), o Twitter abriu os seus servidores para que os pesquisadores tivessem livre acesso a todos os tweets da rede social desde a época do seu lançamento em 2006. Além disso, a empresa também ajudou o instituto com uma doação de US$10 milhões para a pesquisa.

De acordo com o cientistas do MIT - mais especificamente do Laboratório de MÁquias Sociais - a pesquisa tem o objetivo de criar plataformas para que instituições ou indivíduos consigam identificar, discutir e agir em problemas sociais urgentes.

Ainda segundo os pesquisadores, mesmo que suas intenções não possam ser esclarecidas no momento, a quantidade de dados presentes na rede social serÁ explorada para revelar padrões de interação e interesses compartilhados em sistemas socias relevantes. E, com isso, pretendem criar ferramentas colaborativas e aplicativos para mobiles para permitir novas formas de comunicação pública e organização social.

Via Tweak Town

Tags
  • Redator: Luiz Menezes

    Luiz Menezes

    Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina desde o segundo semestre de 2012 e gamer desde 1999, quando teve a oportunidade de jogar "Adventure" no Atari (mesmo não passando nem da segunda fase). Hoje é estressado com o Xbox 360 e com os ADCs noobs que sempre feedam o Draven. Trabalha na Adrenaline por causa da paixão por games e porque precisa de dinheiro para comprar consoles novos.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.