Ello, nova rede social alternativa ao Facebook, sofre ataque após um mês no ar

Ello, a rede social que prometia ser uma alternativa ao Facebook, ficou fora do ar por 45 minutos ontem, dia 28. O motivo da indisponibilidade se deve a um ataque de negação de serviço (DDoS), resolvido pelos administradores com um bloqueio aos IPs responsÁveis. Segundo o TheNextWeb, o site estava disponível para o público por pouco mais de um mês e jÁ ganhava popularidade, apesar de ainda se encontrar em estÁgio de testes.

O tipo de ataque que a rede social sofreu é comum com redes sociais pequenas, que estão dentro de aprimoramentos iniciais. Durante o ataque, uma imagem era exibida para os usuÁrios ao visitar qualquer uma das pÁginas do site, anunciando que "estava indisponível enquanto conduzia alguns procedimentos de manutenção necessÁrios." Entretanto, havia uma mensagem que confirmava a suspeita do DDoS em sua pÁgina de status. O Ello saiu do ar as 16h15min EST (17h15min no horÁrio de Brasília). 

Para ingressar nesta rede social, assim como a maioria dos sites em estÁgio inicial, a pessoa precisa enviar um e-mail e solicitar um ticket de entrada.

Rede social "anti-Facebook" promete ausência de propaganda

- Continua após a publicidade -

Ello, segundo o estúdio de design grÁfico Berger & Föhr, é "uma rede social simples, bonita e livre de publicidade." A empresa declara que não irÁ apostar na venda de dados sobre seus usuÁrios para terceiros, considerando sinistra esse tipo de prÁtica. Devido a estes atributos, seus membros têm chamado o site de "anti-Facebook".

Não é de hoje que as redes sociais iniciam com projetos de não conter propagandas e, com o passar do tempo, mudaram suas regras. O caso ocorreu com o Twitter, Tumblr e o próprio Facebook. Porém, esta nova rede social promete não utilizar propaganda para gerar lucro e faz disso seu carro-chefe. Conforme anunciado em sua seção explicativa, isso não acontecerÁ pois esta privacidade é o seu diferencial e, se algum dia isso mudar e desagradar seus usuÁrios, a probabilidade de perder acessos é grande.

Para se manter no ar, os desenvolvedores da Ello apostam na mesma estratégia "freemium" dos jogos mobile, onde o acesso é gratuito para todos, porém alguns "recursos especiais" disponibilizados no futuro só estarão disponíveis para quem pagar por eles. Mas seu diferencial não promete ficar apenas neste aspecto: além das postagens bÁsicas de redes sociais comuns – como fotos e atualizações de status – ela permite monitoramento de publicações e re-edição antes de publicar. Além disso, existe uma seção intitulada "Noise", que exibem publicações de pessoas desconhecidas em uma grade, como numa galeria de arte online.

- Continua após a publicidade -

Ainda existem muitos recursos em desenvolvimento, como a integração de reprodução das URLs de vídeos e Áudios de sites como YouTube, Instagram e Soundcloud. Outras opções são a possibilidade de contas privadas, notificações, aplicativos para mobile, mensagens privadas e (ainda bem) bloqueio de usuÁrios. Por estar em estÁgio, a rede ainda tem muito o que progredir: o campo de pesquisa tem falhas na maior parte do tempo e não hÁ como descobrir contatos conhecidos, necessitando do link direto do perfil do contato para adicionÁ-lo.

Se o Ello irÁ vingar ou não, isso depende dos usuÁrios quanto do modelo de monetização da rede social. Embora ela possa não derrubar o gigante Facebook, talvez o site seja uma boa alternativa para quem quer um layout mais limpo e compartilhar conteúdos mais intimistas.

Tags
  • Redator: Gabriel Daros

    Gabriel Daros

    Redator da Adrenaline que teve contato com hardwares desde quando viu seu pai montar um tal "PC gamer" aos oito anos de idade. Escreve notícias sobre internet, tecnologia e jogos, cujo primeiro contato foi com um SNES aos sete anos. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desde 2013.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.