AMD releva novos recursos e imagens da tecnologia TressFX 2.0, com ataques à Nvidia


Imagem de Tomb Raider, game que usou a 1ª versão do TressFX

A AMD estÁ perto de lançar a segunda versão da tecnologia TressFX, que renderiza fios de cabelo de maneira independente, resultando num visual mais realista. Por isso chegou a hora da empresa revelar novas informações do recurso, a começar pelo primeiro game que incluirÁ a nova versão.

Ele serÁ o RPG em primeira pessoa Lichdom: Battlemage, jogo lançado em agosto de 2014 que roda na CryEngine. A AMD explica que o TressFX 2.0 serÁ melhor otimizado que a versão original. O motivo são os novos parâmetros de nível de detalhe (da sigla em inglês LOD) contínuo, que ajustam a quantidade de detalhes dos cabelos de acordo com a distância que eles estão dos usuÁrios.

Além disso, agora a tecnologia também suporta grama e pelos de animais. A eficiência do recurso com vÁrias fontes de luz simultâneas também foi melhorada, ao mesmo tempo em que foi implementada uma técnica de self-shadowing (os próprios fios projetam sombras no restante do cabelo). Ela traz melhor profundidade e textura para os cabelos.

Para completar, a AMD ainda aproveitou o anúncio para criticar a Nvidia e a tecnologia proprietÁria Hairworks. "O Hairwors da Nvidia roda 7 vezes mais lento no hardware da AMD, sem nenhuma rotina óbvia para alcançar otimizações para outros fabricantes".

A empresa reclama principalmente que o código da tecnologia da Nvidia não pode ser baixado, analisado ou modificado. "Por não ser possível baixar e analisar o código, desenvolvedores e entusiastas devem sofrer com um desempenho inaceitavelmente ruim numa boa parcela do hardware da indústria". Via Guru3D.

- Continua após a publicidade -

Confira as imagens da versão 2.0:

  

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.