Novo bug descoberto no Bash pode ser pior que o "Heartbleed"

Um novo bug divulgado nessa quarta-feira localizado no Bash, do Linux, estÁ sendo chamado de "potencialmente pior do que o Heartbleed" por especialistas, uma vez que ele permite ao hacker não só visualizar o conteúdo invadido, mas também, assumir o controle do sistema atacado.

Os sistemas afetados incluem não só os Linux, mas qualquer um baseado em Unix, como o Mac OS X, por exemplo. O método para explorar o bug também é bem mais simples do que o do Heartbleed, segundo Dan Guido, executivo chefe da empresa de segurança virtual Trail of Bits. Guido afirma que "você pode apenas recortar e colar uma linha de código e jÁ ter bons resultados" para explorar o novo bug do Bash. A Rapid7, outra empresa de cybersegurança, deu "nota 10" no nível de ameaça do bug, uma vez que ele tem impacto mÁximo no sistema alvo e dificuldade mínima para o hacker.

É necessÁrio um patch para corrigir o problema e provedores do Linux, como o Red Hat Inc, dizem jÁ o ter preparado em seus updates, mas nada foi dito sobre o OS X. A Apple não respondeu aos contatos da Reuters, onde foi publicada primeiro a notícia. Para lembrar melhor do que se tratava o Heartbleed, confira o artigo que divulgamos na época em que o bug veio à tona.

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.