DirectX 11.3 trará recursos do DX12, mas sem a redução de overhead da CPU


Durante a celebração de 24 horas do master race PC gaming realizada pela Nvidia, a Game 24, até que aconteceu bastante coisa: anúncio de novas placas de vídeo, competições de eSports e entrevistas com desenvolvedores. Mas uma revelação praticamente passou despercebida durante o evento: o DirectX 11.3.

A nova versão da API traz boa parte dos recursos do DirectX 12, mas deixa de fora o principal recurso, que é a redução de overhead da CPU. A lista de tecnologias do DirectX 11.3 inclui os chamados "recursos de renderização", que são: Ordered rasterizer view, Typed UAV load, Volume Tiled Resources e Conservative grid.

A primeira tecnologia dÁ aos desenvolvedores o controle da ordem em que os elementos da tela são rasterizados – algo que, por si só, jÁ tira um pouco da carga da CPU. JÁ o UAV é um método exatamente contrÁrio ao anterior, onde a rasterização é feita sem uma ordem específica. O que o Typed UAV permite é que a GPU faça esse trabalho, sem intervenção do processador.

O Volumed Tiled Resources permite que imensas texturas sejam implementadas enquanto se retém o footprint de memória. Para finalizar, o Conservative Grid traz uma melhor detecção de polígonos na tela. O DirectX 11.3 serÁ lançado em 2015. Via WCCF Tech.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.