Leica lança câmera comemorativa que volta às "origens da fotografia analógica"

Bater fotos ficou tão fÁcil que você nem precisa mais olhar para a câmera, é só mirar em algo e apertar o botão. Para comemorar os 60 anos do lançamento de um de seus modelos mais icônicos, a Leica M3, uma câmera compacta e eficiente que por isto se tornaria a a principal companhia de uma era de fotojornalistas, a Leica e decidiu fazer um lançamento no estilo old school: anunciou uma câmera nos moldes das clÁssicas câmeras analógicas.

Com um visual das câmeras compactas dos anos 50, a Leica M Edition 60 é uma câmera que tira muitas das mordomias da fotografia moderna , como grandes displays para ver como a foto vai ficar, e retorna a era de ouro das câmeras compactas de filme. "Trabalhar com esta câmera demanda o mesmo cuidado e atenção que trabalhar com um modelo analógico", afimar a Leica.

Para fazer uma foto com a nova câmera é preciso utilizar o pequeno display, prestar atenção ao fotômetro e fazer o ajuste de elementos como obturador e diafragma de forma manual. Apesar dos procedimentos nostÁlgicos, por dentro da M Edition 60 estÁ um sensor digital de última geração.

A troca do analógico pelo digital neste modelo nos traz a única mordomia, em relação às câmeras clÁssicas: é possível mudar o ISO entre uma foto e outra. Com esta câmera, não é preciso se lamentar pelo rolo de "36 poses" ISO 100 que você trouxe para um dia nublado. 

- Continua após a publicidade -

Serão fabricadas apenas 600 unidades da câmera comemorativa, que chegarão ao mercado em outubro. 

Quem ficou curioso sobre a "lendÁria" Leica M3, pode conferir este grupo do Flickr, com vÁrias fotos que mostrando como esta sexagenÁria "envelheceu bem", ou ver um pouco da portfólio de Henri Cartier-Bresson, considerado por muitos o pai do fotojornalismo, e que sempre tinha uma Leica à mão em suas saídas a campo.

Via The Verge 

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.