MercadoLivre completa 15 anos com 110 milhões de usuários registrados

O MercadoLivre, um dos principais sites de e-commerce do Brasil no qual até o irmão e a irmã são vendidos, estÁ completando 15 anos. O portal hospeda hoje mais de 10 milhões de anúncios em tempo real no site brasileiro, responsÁvel por mais de 50% dos negócios do MercadoLivre. O número de usuÁrios registrados é de 110 milhões e as visitas únicas por mês chegam a 39 milhões.

A maioria dos anúncios são gerados pelas mais de 43 mil pessoas que vivem de renda única ou principal do MercadoLivre no país, de acordo com uma pesquisa feita pela Nielsen e divulgada neste ano. Por segundo, o site registra uma média de 2,5 compras, sendo que 16% das transações jÁ acontecem via dispositivos móveis na América Latina.

O MercadoLivre foi criado em 1999 por Marcos Galperin. Naquele momento, entrava no ar uma plataforma tecnológica que mudaria completamente a forma de comprar e vender dos latino-americanos. O e-commerce estava nascendo, e com ele o formato do marketplace. Primeiro na Argentina e, quase simultaneamente, no Brasil.

Stelleo Tolda, colega de Marcos Galperin no MBA da Universidade de Stanford – onde nasceu o projeto do MercadoLivre - liderou as operações do MercadoLivre no Brasil de 1999 a 2011, tornando-se então o vice-presidente de operações (COO) da companhia. Sua gestão fez o Brasil ser responsÁvel por mais da metade da receita anual da companhia e também implementou um modelo de gestão de pessoas inovador, que faz com que a empresa seja hÁ mais de 5 anos uma das melhores para se trabalhar no setor de Tecnologia.

Hoje, o site é conduzido por Helisson Lemos. Ao todo, o portal possui mais de 2.200 funcionÁrios, sendo 660 no Brasil. No primeiro semestre deste ano, a receita do MercadoLivre foi de US$247,2 milhões, representando um crescimento de 58% em moedas locais contra o mesmo período do ano passado.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.